Ynternix

E-mail falso da Serasa contendo malware circula pela internet

E-mail falso usa nome da Serasa para espalhar malware e roubar dados bancários e cartões de crédito.

0 96
0
Vote neste artigo!
E-mail falso da Serasa contendo malware circula pela internet
E-mail falso da Serasa contendo malware circula pela internet

Por lidar diretamente com questões financeiras de empresas e cidadãos, a Serasa muitas vezes tem seu nome e imagem indevidamente usados para a proliferação de malwares.

O último caso constatado de criminosos que utilizaram o nome da empresa foi identificado no final do ano de 2013, e consistiu no envio de e-mails falsos, alertando sobre supostos débitos pendentes.

O e-mail

Imagem 1 de 111 de jul de 2014
Cuidado, E-mail perigoso
Cuidado! E-mail falso contendo malware circula pela internet!

A mensagem do e-mail foi construída cuidadosamente para enganar mesmo os usuários mais atentos. Ela contém elementos como o logotipo da empresa e um texto bem escrito, além de seu design. Ao somar esses detalhes os criminosos transmitiram uma falsa segurança para quem abre o e-mail. O remetente do mesmo identificado como “Serasa S/A@serasa.com.br” foi outro quesito que confundiu muitas pessoas.

Ao abrir o e-mail, a vítima encontra um botão para verificar o tal debito pendente, e assim o computador é infectado por um Cavalo de Troia que tem como objetivo roubar dados bancários e de cartões de crédito do usuário.

Imagem 2 de 111 de jul de 2014
Acessando pelo computador
Fonte da imagem: Free Digital Photos

Cuidados

Em primeiro lugar é importante lembrar que tanto a Serasa quanto outros órgãos dessa modalidade fazem tal tipo de comunicado somente através dos Correios, ou seja, diretamente na residência e nunca via e-mail.

Outra dica é sempre manter seu computador atualizado, desde o sistema operacional ao navegador. O mais importante, no entanto, é a instalação de um programa de antivírus poderoso no sistema, que assim como os outros programas, deve ser mantido sempre atualizado.

A essa altura o vírus já foi identificado e os devidos cuidados foram tomados. Mas, a vigilância segue, afinal, golpes comuns como o utilizados com a Serasa e LinkedIn continuam ocorrendo e, infelizmente, muitos ainda caem neles.

O que achou do artigo? Comente!

Se existem dúvidas sobre o assunto do artigo que acabou de ler, deixe seu comentário para que possamos responder o mais breve possível, assim como qualquer acréscimo de informação, agradecimento, crítica ou ponto de vista sobre o tema.